sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Sessão Pipoca

Mentes Sombrias


Depois de muito procurarem um filme de distopia que fizesse tanto sucesso quanto Jogos Vorazes, acho que a tentativa finalmente deu certo!
Um roteiro bem amarrado e que respeita o livro no qual foi baseado; personagens carismáticos; efeitos especiais bem feitos; trilha sonora incrível e uma protagonista que não tem a mesma força de Katniss Everdeen, mas tem o mesmo carisma, fazem de Mentes Sombrias um futuro fenômeno do cinema.
Vamos à história do filme: Uma doença matou quase todas as crianças dos Estados Unidos e as que sobreviveram adquiram poderes que os adultos temem. O governo cria campos de trabalho forçado e leva essas crianças para lá. Para os pais e para a população em geral, o governo diz que as crianças estão em tratamento, mas, na realidade, elas são constantemente maltradas e humilhadas. A Ruby, a protagonista, é levada para um desses acampamentos aos dez anos e lá permanece por seis anos, até conseguir fugir. Durante o tempo em que viveu no acampamento, ela precisou esconder a real dimensão dos seus poderes para não ser assassinada. Durante a fuga, ela conhece outros três jovens que também estão fugindo de um acampamento (o Liam, o Bolota e a Suzume). Juntos os quatro vão para um lugar que eles acreditam ser seguro. Não posso contar mais nada a partir daqui porque senão darei spoilers do filme. Mas vocês podem esperar muitas cenas de perseguição, muitas coisas voando e explodindo, e muitas intrigas.
Uma dica: "O inimigo do meu inimigo é meu amigo". Será que é mesmo?
O filme  é baseado no livro Mentes Sombrias, da autora Alexandra Bracken (fiz resenha dele lá no canal e vou deixar o vídeo no fim desse post para vocês assistirem). Apesar de algumas pequenas alterações, achei o filme bem fiel ao livro. Fiquei muito aliviada, pois não levava muita fé que a adaptação seria bem feita, já que o filme é distribuido pela Fox. E a Fox é conhecida por destruir livros em suas adaptações, como por exemplo, Eragon e Percy Jackson. Mentes Sombrias tem pequenas mudanças, mas elas foram feitas apenas para dar mais dinâmica ao filme e fizeram sentido dentro da narrativa. 
Eu li o livro antes de ver o filme e achei que o filme até dá uma forcinha para nossa imaginação. Porque por mais que a gente consiga imaginar como esses poderes funcionam, vê-los no cinema faz a coisa tomar outra proporção. Faz o livro ficar até mais legal do que ele já é.
O final do filme é igual ao do livro, mas acrescenta uma cena que nos dá esperança para os próximos filmes. E que cena! Quem assistiu Jogos Vorazes vai identificar uma certa semelhança na cena (o que eu achei incrível!) Seria uma homenagem? Uma inspiração? E a cena ganha um grau maior de emoção, pois a protagonista de Mentes Sombrias, é a atriz Amandla Stenberg que fez a Rue de Jogos Vorazes.
Aproveitando que já falei dela, vamos comentar um pouco sobre Amandla Stenberg. Quando ela fez a Rue eu já fique encantada por ela. Além de fofa, ela conseguiu roubar a cena mesmo aparecendo pouco no filme. Não assisti Tudo e todas as coisas, então Mentes Sombrias foi o primeiro filme que ela protagonizou que eu assisti. E acho que podemos esperar grandes atuações dela. Vamos esperar os próximos filmes da série Mentes Sombrias e O ódio que você semeia para ver se estou certa.
Enfim, Mentes Sombrias é o primeiro filme de um série que tem bastante potencial para ser um sucesso. Basta os roteiristas continuarem fazendo o dever de casa e leren os livros antes de escreverem os roteios.


Porque assisti esse filme: Porque eu li o livro e gostei bastante.
Diretor: Jennifer Yuh Nelson
Gênero: Ficção-científica, Thriller
Duração: 105 min.
Distribuidor: 20th Century Fox
Classificação indicativa: 12 anos
Correspondeu as minhas expectativas? Sim. No quesito "adaptações literárias feitas pela Fox" superou as minhas expectativas.
Uma cena: A última (não posso contar mais sobre ela se não vai estragar a experiência de vocês).
Personagem preferido: Adorei todos do quarteto principal. Mas precisadestacar que a Ruby é uma personagem femina muito forte.


Recomendo o filme? Sim!
Dicas para quem for assistir:
- Leia o livro antes (resenha abaixo).
- Preste atenção na trilha sonora.
- Lembre-se: Mentes Sombrias é baseado no primeiro livro de uma série.


Alguns extras para vocês saberam um pouco mais sobre o filme

- Resenha do livro que eu fiz lá no canal:


- Trilha sonora do filme - Música Find Me, do DJ Sigma com a cantora Birdy:


- Triha sonora do filme - Música Revolution, da cantora Ruelle:



sábado, 25 de agosto de 2018

Reagindo a memes literários (Parte 2)

Oi oi galera!
Hoje eu trago para vocês a parte 2 do vídeo Reagindo a memes literários.


Querem ajudar o Um Livro e Só a crescer? Então comprem livros na Amazon utilizando este link http://amzn.to/2lr79gl . Comprando qualquer livro utilizando os links que eu deixo na descrição dos vídeos e no final dos posts, vocês ajudam a financiar o canal e o blog com uma parcela da sua compra. Obrigada!

sábado, 18 de agosto de 2018

Unboxing Turista Literário de Julho (2018)

Oi oi galera!
No vídeo de hoje eu mostro para vocês os ítens que vieram na malinha de julho do Turista Literário.
Já estou lendo o livro e estou amando!

Querem ajudar o Um Livro e Só a crescer? Então comprem livros na Amazon utilizando este link http://amzn.to/2lr79gl . Comprando qualquer livro utilizando os links que eu deixo na descrição dos vídeos e no final dos posts, vocês ajudam a financiar o canal e o blog com uma parcela da sua compra. Obrigada!

terça-feira, 14 de agosto de 2018

De volta para casa (Crianças Desajustadas 1), Seanan McGuire


ISBN-13: 9788592795252
ISBN-10: 8592795257
Ano: 2018
Páginas: 184
Idioma: português 
Editora: Morro Branco

Sinopse: Crianças sempre desapareceram nas condições certas: escorregando pelas sombras debaixo da cama, atrás de um guarda-roupa ou caindo em buracos de coelhos e em poços velhos, para emergir em algum lugar... diferente. 
Nancy viajou para um desses lugares, e agora está de volta. As coisas que ela viu... mudam uma pessoa para sempre. E as crianças sob os cuidados de Eleanor West compreendem isso muito bem: cada uma delas procura a porta de volta ao seu próprio universo fantástico, mas poucas conseguem encontrá-la. Afinal, mundos mágicos têm pouca utilidade para crianças cujos milagres já foram usados.
A chegada de Nancy marca também uma terrível mudança no internato. Há uma escuridão pairando à cada esquina, e quando a tragédia ataca, Nancy e seus colegas precisam desvendar o mistério.
Não importa o custo.

sábado, 11 de agosto de 2018

Mentes Sombrias (Série Mentes Sombrias 1), Alexandra Bracken


ISBN-13: 9788551003831
ISBN-10: 8551003836
Ano: 2018
Páginas: 384
Idioma: português 
Editora: Intrínseca

Sinopse: Do dia para a noite, crianças começam a morrer de um misterioso mal súbito. Em pouco tempo, a doença se espalha e os que sobrevivem a ela desenvolvem habilidades psíquicas assustadoras.
Uma delas é Ruby. Na manhã do seu décimo aniversário, um acontecimento aterrador faz com que seus pais a tranquem na garagem e chamem a polícia. A menina é então levada para Thurmond, um acampamento que segue as diretrizes brutais do governo vigente.
Seis anos depois, ela se torna uma das jovens mais perigosas de Thurmond, embora tenha que esconder isso a todo custo para a própria segurança. Quando a verdade vem à tona, Ruby desperta o interesse de muitas pessoas e precisa escapar às pressas. Fora dali, ela se alia a fugitivos de outros acampamentos e conhece Liam, que lidera uma fuga em direção ao único refúgio para adolescentes como eles. Por mais que queira fazer amigos e ter uma vida normal, Ruby sabe que isso não vai ser possível, porque nenhum lugar é seguro, e ela não pode confiar em ninguém - nem em si mesma.

terça-feira, 7 de agosto de 2018

O Conto da Aia, Margaret Atwood


ISBN-13: 9788532520661
ISBN-10: 8532520669
Ano: 2017
Páginas: 368
Idioma: português 
Editora: Rocco

Sinopse: Escrito em 1985, o romance distópico O conto da aia, da canadense Margaret Atwood, tornou-se um dos livros mais comentados em todo o mundo nos últimos meses, voltando a ocupar posição de destaque nas listas do mais vendidos em diversos países. Além de ter inspirado a série homônima (The Handmaid’s Tale, no original) produzida pelo canal de streaming Hulu, o a ficção futurista de Atwood, ambientada num Estado teocrático e totalitário em que as mulheres são vítimas preferenciais de opressão, tornando-se propriedade do governo, e o fundamentalismo se fortalece como força política, ganhou status de oráculo dos EUA da era Trump. 

sábado, 4 de agosto de 2018

Leituras de Julho (2018)

Oi oi galera!
No vídeo de hoje eu mostro para vocês os livros que eu li no mês de julho.


Querem ajudar o Um Livro e Só a crescer? Então comprem livros na Amazon utilizando este link http://amzn.to/2lr79gl . Comprando qualquer livro utilizando os links que eu deixo na descrição dos vídeos e no final dos posts, vocês ajudam a financiar o canal e o blog com uma parcela da sua compra. Obrigada!